What does the new creature in the game Holozing (Miu) have to tell us?

in Holozing Community3 months ago (edited)

This publication was also writen in SPANISH and PORTUGUESE.

miu01.jpg

Recently, the @holozing profile announced that a series of posts will be gradually published where the new creatures from the Holozing game will be introduced to players. This update is very important, not only to streamline the game itself (which naturally already has this profile in its essence), but mainly to make this entire virtual experience within the blockchain territory in web 3.0 games more immersive. The opening chapter is marked by Miu.

miu02.jpg

Yes, that is the name of the creature that was revealed in the first post in the series. Miu is a normal cat-type creature, which in a simplified way, can be described as having healing abilities. Miu came with two evolutions, MiuMiu and MiuMiuMiu (relatively simple names, but fun and creative within the game's proposal and which will certainly gain elaborate names in the future with the arrival of new creatures) and public acceptance seems to be good.

miu03.jpg

Especially for those who like cats, Miu and her evolutions (which will happen as players train their creatures and probably obtain victories throughout the challenges) is an interesting addition to the game and could become an endearing element on a large scale. Within this context, this is also what I want to comment on here: the potentially nostalgic appeal that creatures connected with reality have to offer us.

miu04.jpg

The representation of creatures like Miu (and its evolutions) can somehow connect with players through a visible connection. Just like any other type of animal that already exists in our world, developing these creatures based on existing animals has a greater potential for acceptance because they can have their recognition facilitated, thus being easier to be accepted by players and creating a more “inviting” animal base.

miu05.png

Holozing

However, it is clear that the boldness of creating imaginary animals should not be discounted. In any case, the arrival of Miu also reveals the hard work being done by the game's developers (especially an entire team working on the product's art direction). There is great attention to visual details (with striking lines and colors), in addition to referential research that refers precisely to the real world and what can be ours.


¿Qué tiene que decirnos la nueva criatura del juego Holozing (Miu)?

Recientemente, el perfil de @holozing anunció que gradualmente se irán publicando una serie de publicaciones donde se presentarán a los jugadores las nuevas criaturas del juego Holozing. Esta actualización es muy importante, no sólo para agilizar el juego en sí (que naturalmente ya tiene este perfil en su esencia), sino principalmente para hacer más inmersiva toda esta experiencia virtual dentro del territorio blockchain en los juegos web 3.0. El capítulo inicial está marcado por Mil.

Sí, ese es el nombre de la criatura que se reveló en la primera publicación de la serie. Miu es una criatura normal de tipo gato, que de manera simplificada, puede describirse como que tiene habilidades curativas. Miu llegó con dos evoluciones, MiuMiu y MiuMiuMiu (nombres relativamente simples, pero divertidos y creativos dentro de la propuesta del juego y que seguramente ganarán nombres elaborados en el futuro con la llegada de nuevas criaturas) y la aceptación del público parece ser buena.

Especialmente para aquellos a quienes les gustan los gatos, Miu y sus evoluciones (que sucederán a medida que los jugadores entrenen a sus criaturas y probablemente obtengan victorias a lo largo de los desafíos) es una adición interesante al juego y podría convertirse en un elemento entrañable a gran escala. En este contexto, esto es también lo que quiero comentar aquí: el atractivo potencialmente nostálgico que las criaturas conectadas con la realidad tienen para ofrecernos.

La representación de criaturas como Miu (y sus evoluciones) de alguna manera puede conectarse con los jugadores a través de una conexión visible. Al igual que cualquier otro tipo de animal que ya existe en nuestro mundo, desarrollar estas criaturas a partir de animales existentes tiene un mayor potencial de aceptación porque se puede facilitar su reconocimiento, siendo así más fácil de aceptar por los jugadores y creando una base de animales más “atractiva”

Sin embargo, está claro que no se debe descartar la audacia de crear animales imaginarios. En cualquier caso, la llegada de Miu también revela el duro trabajo que están realizando los desarrolladores del juego (especialmente todo un equipo que trabaja en la dirección de arte del producto). Hay una gran atención a los detalles visuales (con líneas y colores llamativos), además de una investigación referencial que se refiere precisamente al mundo real y lo que puede ser el nuestro.


O que nos diz a nova criatura do jogo Holozing (Miu) tem para nos dizer?

Recentemente, o perfil @holozing anunciou que uma série de posts será gradualmente publicada onde as novas criaturas do jogo Holozing serão apresentadas para os jogadores. Essa atualização é bem importante, não apenas para dinamizar o jogo em si (que naturalmente já tem esse perfil em sua essência), mas principalmente para tornar mais imersiva toda essa experiência virtual dentro do território da blockchain nos jogos da web 3.0. O capítulo inicial é marcado pelo Miu.

Sim, esse é o nome da criatura que foi revelada no primeiro post da série. Miu é uma criatura normal tipo gato, que de maneira simplificada, pode ser descrito com habilidades curativas. Miu veio acompanhado de duas evoluções, MiuMiu e MiuMiuMiu (nomes relativamente simples, mas divertidos e criativos dentro da proposta do jogo e que certamente ganharão nomes bem elaborados no futuro com a chegada de novas criaturas) e a aceitação do público parece ser boa.

Especialmente para quem gosta de gatos, Miu e suas evoluções (que acontecerão à medida em que os jogadores forem treinando suas criaturas e provavelmente obtendo vitórias ao longo dos desafios) é uma adição interessante ao jogo e que pode se tornar um elemento cativante em larga escala. Dentro desse contexto, é também sobre isso que eu quero comentar aqui: o apelo potencialmente nostálgico que as criaturas conectadas com a realidade têm para nos oferecer.

A representação de criaturas como Miu (e suas evoluções) de alguma forma pode se conectar aos jogadores por uma conexão visível. Assim como outro qualquer tipo de animal que já existe em nosso mundo, desenvolver essas criaturas com base em animais já existentes tem um maior potencial de aceitação porque elas podem ter seus reconhecimentos facilitados, sendo assim, mais fácil de serem aceitas pelos jogadores e criando uma base de animais mais “convidativa”.

No entanto, é claro que a ousadia de criar animais imaginários não deve ser descartada. De qualquer forma, a chegada do Miu também revela o trabalho árduo que está sendo feito pelos desenvolvedores do jogo (em especial de toda uma equipe que está trabalhando da direção de arte do produto). Há uma ótima atenção aos detalhes visuais (com traços e cores marcantes), além de uma pesquisa referencial que remete justamente ao mundo real e ao que pode ser nosso.

Sort:  

Obrigado por promover a comunidade Hive-BR em suas postagens.

Vamos seguir fortalecendo a Hive

Metade das recompensas dessa resposta serão destinadas ao autor do post.

Vote no @perfilbrasil para Testemunha Hive.


Your post was manually curated by @Shiftrox.
banner_hiver_br_01.png

Delegate your HP to the hive-br.voter account and earn Hive daily!

🔹 Follow our Curation Trail and don't miss voting! 🔹