Being dumber isn't demeaning [EN/PT]

in Proof of Brain6 months ago (edited)

Intelligence doesn't make anyone superior

Common sense tells us that, as individuals from the same species, we're supposed to treat each other as equals if we want to be respectful and fair to one another. However, we're not equal, so it would actually be disrespectful to treat someone as if they were the same as us.

Almost nobody enjoys being compared, and we should take others' fragility in consideration, but the reality is that an individual is always above or below another within a given measurement.

It can be harsh to get told you're worse than someone else in many or even all regards, but you'll still have something unique about you that you can count on as what gives you situational value. In the end, everyone's a special snowflake.

Ultimately, this means that feeling down because others think less of you is a waste of time. Even if you are replaceable in many ways, you should forward to living your life regardless of whatever comparisons that might come up. Taking other people's values in consideration is completely optional.

If you are a dumber than average person, you still shouldn't consider yourself inferior to someone who's much smarter than average. You might wish you were smarter, but it's okay if you don't get there. Being dumb isn't demeaning.

When someone thinks you're dumb compared to them, as long as they don't have any harmful intentions or attitudes, there's really nothing bad about it. They are smarter than you, so they can take this intellectual difference in consideration.

Everyone has their own preferences, including conversational topics or neural abilities, so don't be offended and try not to offend others just because of a social barrier or an opinion you don't agree with. You'll always be favored by others when you're never harmful towards them.

Hating on dumb/smart people is as bad as hating on ugly/pretty people, but the disparity is still there. Openness and eagerness to get along are the healthiest social traits. Ignoring the existence of personal preferences only creates conflict that never benefits anyone.


PORTUGUÊS

Inteligência não faz ninguém superior

O senso comum nos diz que, como indivíduos da mesma espécie, devemos tratar uns aos outros como iguais se quisermos ser respeitosos e justos uns com os outros. No entanto, não somos iguais, então seria realmente desrespeitoso tratar alguém como se fosse igual a nós.

Quase ninguém gosta de ser comparado, e devemos levar em consideração a fragilidade alheia, mas a realidade é que um indivíduo está sempre acima ou abaixo do outro dentro de uma determinada medida.

Pode ser difícil ouvir que você é pior do que outra pessoa em muitos ou mesmo todos os aspectos, mas você ainda terá algo único em você com o qual pode contar como o que lhe dá valor situacional. No final, todo mundo é um floco de neve especial.

Em última análise, isso significa que se sentir deprimido porque os outros pensam menos de você é uma perda de tempo. Mesmo que você seja substituível de várias maneiras, você deve viver sua vida independentemente de quaisquer comparações que possam surgir. Levar em consideração os valores de outras pessoas é totalmente opcional.

Se você é uma pessoa mais burra do que a média, ainda assim não deve se considerar inferior a alguém que é muito mais inteligente do que a média. Você pode desejar ser mais inteligente, mas tudo bem se não chegar lá. Ser burro não é humilhante.

Quando alguém pensa que você é burro comparado a ele, desde que não tenha nenhuma intenção ou atitude prejudicial, não há realmente nada de ruim nisso. Eles são mais espertos do que você, então podem levar em consideração essa diferença intelectual.

Todo mundo tem suas próprias preferências, incluindo tópicos de conversação ou habilidades neurais, então não se ofenda e tente não ofender os outros apenas por causa de uma barreira social ou de uma opinião com a qual você não concorda. Você sempre será favorecido pelos outros quando nunca os prejudicar.

Odiar pessoas burras/inteligentes é tão ruim quanto odiar pessoas feias/bonitas, mas a disparidade ainda existe. Abertura e vontade de se dar bem são os traços sociais mais saudáveis. Ignorar a existência de preferências pessoais apenas cria conflitos que nunca beneficiam ninguém.


image source https://pixabay.com/pt/illustrations/depressão-depressivo-desamparado-1251619/

Sort:  

Nobody benefit from hatreding a man and we people should love each other because we can't survive in this world by being alone

Yes, we can focus on finding our 'tribe' without making enemies just because they have different preferences.

I truely agree to that friend

Obrigado por promover a Língua Portuguesa em suas postagens.

Vamos seguir fortalecendo a comunidade lusófona dentro da Hive.

Metade das recompensas dessa resposta serão destinadas ao autor do post.

Vote no @perfilbrasil para Testemunha Hive.

Boa, lembrei de um personagem do YouTube que está fazendo certo sucesso, o Burrão (que não passou da quarta série). Valeu! Saúde, sucesso e boa sorte mais uma vez!

Dei uma olhada e é um ótimo exemplo! Adorei como o Burrão sabe que não é inteligente o suficiente pra participar de certos assuntos, mas não se sente diminuído por isso, e ainda tem toda a segurança na própria praticidade.


Your post was manually curated by @KaibaGT.
banner_hiver_br_01.png

Delegate your HP to the hive-br.voter account and earn Hive daily!

🔹 Follow our Curation Trail and don't miss voting! 🔹

Yay! 🤗
Your content has been boosted with Ecency Points, by @felipejoys.
Use Ecency daily to boost your growth on platform!

Support Ecency
Vote for new Proposal
Delegate HP and earn more

Intelligence is only one of many qualities that define a person. It is essential to recognize and value the unique abilities and contributions of each individual, regardless of their level of intelligence. Empathy, understanding and effective communication are essential to building meaningful relationships. Because at the end of the day, what really matters is how we treat others and how we choose to live our lives.

Besides, each person has something unique to bring to the table, regardless of their level of intelligence. This uniqueness may be a skill, a talent or even a perspective that no one else has.