Emotion is a form of high-level thinking [EN/PT]

in Proof of Brain6 months ago (edited)

Feelers and thinkers unite

Think of how you interpret the following situation: when you're walking, you see a sign of an arrow and a toilet symbol. You don't have to 'think' about the sign. You just... Understand it. You feel the knowledge that is conveyed without having to analyze it. You know where to go.

Likewise, when you look at the equation '1+1=?' you know its sum equals '2', but you don't think about it. You just know it. You feel it. Like in the toilet scenario, there's a compact form of thinking going on. People use the term 'gut feeling' to describe the conclusion of quick pattern recognition when it doesn't revolve around our ego.

Both of the above scenarios probably don't affect your ego. If they did, you'd become emotional. I.e., if you were in a rush to get to the toilet in the first scenario, you could feel relief because you finally found it. That feeling of relief acts as the conclusion that you no longer need to act distressed because of an impending 'accident', removing the additional mental and physical pressure of avoiding that doomed fate.

Therefore, we can assume personal feelings are coupled with incredibly compact logic, although unconsciously, unless we decide to think about them.

People are capable of both feeling and rationalizing, but they'll always favor one over the other. Not that they'll do it consciously, but a person's brain is hardwired to take one route first. Usually, everyone gets better at taking the alternative route as life goes on, balancing out their mental habits. It's part of becoming more mature.

It's a fact that you can reach one route of thinking through the other. If you hear about a situation someone else is in, you'll eventually conclude it is, say, unfair. You'll feel angry over what's happening to them. What's the feeling associated with unfairness? Anger. You'll take one route to formulate the other.

However, if something you deem unfair happens to you, you'll feel angry right away, even without analyzing it, because a part of your brain already recognized the patterns involved. Feelings are like shorthand for logic.

So there are two routes of thinking: the unconscious 'feeling' and the conscious 'rationalizing'. Both of them have their pros and cons. Those of us who have grasped how to use both routes won't fall into impulsive behavior or misunderstand how events affect people's egos.

A sentimental person who's trying to learn logic and a logical person who's trying to learn feelings quickly mature if they try to learn from each other.


PORTUGUÊS

Pense em como você interpreta a seguinte situação: ao caminhar, você vê um sinal de seta e um símbolo de banheiro. Você não precisa 'pensar' sobre o sinal. Você só... Entenda. Você sente o conhecimento que é transmitido sem precisar analisá-lo. Você sabe onde ir.

Da mesma forma, quando você olha para a equação '1+1=?' você sabe que a soma é igual a '2', mas não pensa nisso. Você simplesmente sabe disso. Você sente isso. Como no cenário do banheiro, existe uma forma compacta de pensar. As pessoas usam o termo 'intuição' para descrever a conclusão do rápido reconhecimento de padrões quando não gira em torno de nosso ego.

Ambos os cenários acima provavelmente não afetam seu ego. Se o fizessem, você ficaria emocionado. Ou seja, se você estivesse com pressa para ir ao banheiro no primeiro cenário, poderia sentir alívio porque finalmente o encontrou. Esse sentimento de alívio atua como a conclusão de que você não precisa mais agir angustiado por causa de um "acidente" iminente, removendo a pressão mental e física adicional de evitar esse destino condenado.

Portanto, podemos supor que os sentimentos pessoais estão ligados a uma lógica incrivelmente compacta, embora inconscientemente, a menos que decidamos pensar sobre eles.

As pessoas são capazes tanto de sentir quanto de racionalizar, mas sempre favorecerão um em detrimento do outro. Não que eles façam isso conscientemente, mas o cérebro de uma pessoa é programado para seguir um caminho primeiro. Normalmente, todos ficam melhores em seguir o caminho alternativo à medida que a vida avança, equilibrando seus hábitos mentais. Faz parte de se tornar mais maduro.

É um fato que você pode chegar a uma via de pensamento através da outra. Se você ouvir sobre uma situação em que outra pessoa está, acabará concluindo que é, digamos, injusto. Você ficará com raiva do que está acontecendo com eles. Qual é o sentimento associado à injustiça? Raiva. Você seguirá um caminho para formular o outro.

Porém, se algo que você considera injusto acontecer com você, você sentirá raiva na hora, mesmo sem analisar, porque uma parte do seu cérebro já reconheceu os padrões envolvidos. Os sentimentos são como uma abreviação para a lógica.

Portanto, existem duas rotas de pensamento: o 'sentimento' inconsciente e a 'racionalização' consciente. Ambos têm seus prós e contras. Aqueles de nós que aprenderam a usar ambas as rotas não cairão em um comportamento impulsivo ou entenderão mal como os eventos afetam o ego das pessoas.

Uma pessoa sentimental que está tentando aprender a lógica e uma pessoa lógica que está tentando aprender os sentimentos amadurecem rapidamente se tentarem aprender uma com a outra.


image source https://pixabay.com/pt/photos/cidade-tráfego-tempestade-clima-2567670/

Sort:  

Obrigado por promover a Língua Portuguesa em suas postagens.

Vamos seguir fortalecendo a comunidade lusófona dentro da Hive.

Metade das recompensas dessa resposta serão destinadas ao autor do post.

Vote no @perfilbrasil para Testemunha Hive.


Your post was manually curated by @michupa.
banner_hiver_br_01.png

Delegate your HP to the hive-br.voter account and earn Hive daily!

🔹 Follow our Curation Trail and don't miss voting! 🔹

Obrigado por ajudar a crescer a nossa comunidade Portuguesa no HIVE